APH

APH

Aécio Neves se torna réu por corrupção passiva e tentativa de obstrução da Justiça

Acusação foi feita após delações de Joesley Batista, do Grupo J&F



O deputado federal Aécio Neves (PSDB) virou réu por corrupção passiva e tentativa de obstrução judicial durante as investigações da Operação Lava Jato, nesta sexta-feira (05). A decisão foi ratificada pela Justiça de São Paulo, após uma denúncia feita pelo ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal (STF).



A acusação foi feita após delações de Joesley Batista, do Grupo J&F. Ele afirmou que teria pagado R$ 2 milhões em propina ao deputado em troca de favores políticos. Além de Aécio, também são acusados de corrupção passiva a irmã dele, Andréa Neves, um primo e um assessor dele.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.