APH

APH

Bebê de quatro meses é espancado até a morte



A Polícia Civil será responsável por investigar a morte de um bebê de quatro meses, que foi espancado até a morte no município de Areia Branca, região Agreste do Estado de Sergipe. Na madrugada desta terça-feira (9/7), o corpo do bebê foi encontrado dentro da casa onde morava com a mãe. O pai do bebê, identificado como Douglas Raeli Santos Góis, é o principal acusado de cometer o crime e está foragido. 

De acordo com informações de policiais militares, que foram acionados pela mãe da vítima após ela ter encontrado o filho sem vida no chão, o seu outro filho, com idade de oito anos, presenciou quando o padrasto pegou o irmão materno, que no momento estava chorando, e efetuou golpes até a sua morte. Conforme o relato da criança, ao executar o bebê, o acusado pediu para o enteado fechar a porta e saiu em um veículo. 



A mãe do bebê relatou a polícia que na noite de ontem, 08, ela e o pai da vítima ingeriram bebidas alcoólicas e, com isso, acabou dormindo, sem saber contar o que de fato havia acontecido.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado e constatou o óbito por traumatismo craniano. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para fazer o recolhimento do corpo. 

Conforme a Polícia Militar, a mãe do bebê mantinha um relacionamento extraconjugal com o acusado. Consoante o seu relato, o pai da vítima não estava satisfeito com o nascimento da criança e a acusava de ter planejado a gestação. 



Douglas Raeli Santos Góis é morador do município de Itabaiana e não foi encontrado pelos policiais em sua residência. Equipes da PM estão em diligências pelas redondezas com o intuito de prender o suspeito. Qualquer informação que auxilie na localização do acusado deve ser passada pelo Disque Denúncia – 181.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.