APH

APH

Hello Kitty: cantora evangélica é acusada de comandar o tráfico



A cantora evangélica Rayane Nazareth Cardozo da Silveira, de 19 anos, que ficou conhecida nas redes sociais como Hello Kitty do tráfico, por ostentar armas de grosso calibre, está sendo procurada pela polícia.


 A jovem é apontada como gerente do tráfico de drogas em comunidade de São Gonçalo, no Rio de Janeiro, e braço direito do traficante Alessandro Luiz Vieira Moura. Contra ela, há dois mandados de prisão por roubo majorado.

      

Hello Kitty já foi presa por tráfico e pelo menos três delegacias abriram inquéritos para investigar sua participação em crimes que vão de roubos a homicídios. A mulher integra o grupo ‘‘Bonde do Vinte Anos’’, que articula invasões a comunidades controladas por facções rivais. A polícia fluminense oferece R$ 1 mil por informações da criminosa.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.