APH

APH

Número de homicídios em junho de 2019 cai em relação ao mesmo período no ano passado


O bairro Mangabeira continua aparecendo entre os locais que mais registraram assassinatos neste ano
Com 30 homicídios e um latrocínio (roubo seguido de morte) o número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) registrados em junho deste ano é menor que o registrado no mesmo período no ano passado. Em junho de 2018 foram 46 homicídios.
Conforme o gráfico a redução em junho ocorre apenas no comparativo entre 2018 e 2019.
Com relação as 30 vítimas de homicídios em junho deste ano, todas foram mortas a tiros. Duas eram mulheres. Entre as vítimas também havia dois menores de 18 anos. Além dos CVLIs, quatro homens morreram em ação policial.
Bairros
O bairro Mangabeira continua aparecendo entre os locais que mais registraram assassinatos neste ano. Só no mês passado quatro pessoas foram mortas lá. No conjunto George Américo também houve quatro assassinatos no mesmo mês. Confira a tabela a seguir:
Números de CVLIs registrados em áreas das Companhias Independentes da Polícia Militar (CIPMs):
64ª CIPM - 04 
65ª CIPM - 07 
66ª CIPM - 12
67ª CIPM – 08
Avaliação
O coronel Luziel Andrade, comandante do Policiamento Regional Leste (CPRL), destacou o trabalho conjunto entre a Polícia Militar e a Polícia Civil, com o apoio do Poder Judiciário, na prisão de envolvidos com o tráfico de drogas e homicídios, e que apesar de ser um mês com muitas festas, não houve nenhum assassinato relacionado aos festejos juninos. Ele destacou também que o combate a poluição sonora tem refletido também nessa redução de assassinatos, não só no mês de junho, mas ao longo do ano. Sobre bairro Mangabeira, o coronel informou que o policiamento continua intensificado no local para combater a criminalidade.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.