APH

APH

Preso confessa que queria matar Simone e Simaria em vingança planejada durante 23 anos


Nesta quarta-feira, 13 de novembro, um homem de nome não identificado foi preso, após fazer duras ameaças contra a dupla sertaneja Simone e Simaria. O criminoso de 46 anos, entre outras coisas, ameaçava tirar as vidas das cantoras. No entanto, após ser preso em uma cidade do Rio Grande do Sul, ele surpreendeu ao fazer acusações envolvendo os familiares das famosas.

De acordo com ele, a família de Simone e Simaria teria organizado um atentado para matá-lo. As informações ganharam destaque no site Correio do Estado. Esse atentado, de acordo com o homem, teria acontecido no ano de 1996, na cidade de Campo Grande, no estado do Mato Grosso do Sul. A região é a mesma onde as cantoras cresceram, mas, na época, além de crianças, elas não eram famosas e não tinham grandes posses. 

Esse atentado teria acontecido a tiros, mas o homem, segundo o delegado do caso, não consegue explicar a motivação para matá-lo. Certo mesmo é que, desde então, ele estaria planejando o momento certo para fazer o mesmo com as cantoras sertanejas, que ficaram conhecidas em todo o Brasil com o bordão “coleguinha”.

Ainda segundo a polícia de RS, os ataques começaram há dois anos, pelas redes sociais, e intensificou nas últimas semanas. Em depoimento, o suspeito mencionou que se preparava para ir em um show das cantoras. Nessa ocasião, aconteceria a vingança final, que seria tirar a vida das cantoras. 

Em um vídeo divulgado na internet, o homem faz acusações à dupla. “Vocês acham que eu mereço ainda ser humilhado por vocês duas, vocês sabem de tudo que eu passei e parece que vão me humilhar sempre, não vão parar de me humilhar?”, diz ele, que parece um pouco fora de si. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.