Idosa de 92 anos morre após ter a energia de casa cortada




Em vídeo divulgado nas redes sociais, um homem acusa a Equatorial Energia de ser a responsável pela morte de uma idosa de 92 anos, que teve a energia de sua casa cortada, no bairro Itamar Guará, em Imperatriz.

Segundo informações de vizinhos, a senhora havia acabado de chegar do hospital para um tratamento respiratório a pedido dos médicos para que realizasse a nebulização através de um aparelho que utiliza energia elétrica que tinha.

De acordo com as informações do vídeo um homem informa que havia somente uma conta para ser quitada, referente ao mês de janeiro, e pede para que o funcionário não cortasse a energia da residência da idosa.



Ainda de acordo com as imagens, o parente fez um pedido para que o funcionário esperasse pelo menos 24 horas, e que a conta seria paga no dia seguinte, mas o pedido não foi concedido e a senhora que precisava fazer uso do aparelho de nebulização acabou falecendo no dia seguinte.

Após o ocorrido, a Equatorial Energia se pronunciou em relação ao caso dizendo que até agora não podem atestar que o corte da energia elétrica tenha relação com a morte da senhora.

Leia a nota na íntegra:
A Equatorial Maranhão lamenta o ocorrido no bairro Itamar Guará, em Imperatriz, nesta terça-feira (4/2). Entretanto, cabe esclarecer que até o momento não é possível atestar qualquer relação entre a suspensão do fornecimento e o fatídico acontecimento.
De todo modo, a Equatorial Maranhão, informa que já deu início a ampla e profunda apuração interna e, após a sua conclusão, adotará as medidas administrativas que o caso requer.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.