Nova polêmica: Publicitário tem fotos íntimas expostas e Bolsonaro reavalia nomeação para a Secom

[Nova polêmica: Publicitário tem fotos íntimas expostas e Bolsonaro reavalia nomeação para a Secom]

Convidado para ser o novo diretor digital da Secretaria de Comunicação (Secom) do governo federal, Luiz Galeazzo, pode perder a oportunidade de trabalho após ter fotos íntimas divulgadas pelo deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP). Nas imagens, o publicitário e influenciador digital aparece fazendo selfies durante um ménage à trois (sexo a três).

VEJA MAIS: Segue aberta as inscrições para primeira edição do Festival de Talentos; Participe

Galeazzo é bolsonarista e tem costume de atacar mulheres nas redes sociais e criticar o STF. Em um dos ataques, ele chamou uma crítica de “tracajara flácida e fedorenta”.
Frota, ex-aliado de Bolsonaro, fez questão de pirraçar o presidente, ironizando o novo escolhido para uma das pastas da Secom. "Vejam o conservadorismo do Bolsonaro. Esse é o Luiz Galeazzo, que será o novo secretário de mídias digitais da Secom. Convidado para trabalhar no Governo. Outro hipócrita”, escreveu o deputado.
"Tive minha vida íntima exposta numa foto antiga usada e repercutida por um político e parte da imprensa para me atacar por conta de minha posição política", se defendeu o publicitário.
Na última quarta-feira (5), o presidente mais uma vez defendeu os “homens de família”: “Essa liberdade que pregaram ao longo (das gestões) do PT todo, que vale tudo, se glamouriza certos comportamentos que um chefe de família não concorda, chega a esse ponto, uma depravação total”. Segundo interlocutores do governo, após a polêmica, Bolsonaro está reavaliando a nomeação de Galeazzo.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.