PM suspeito de agressão e racismo foi destaque por ação elogiada por comandante em 2019

PM suspeito de agressão e racismo foi destaque por ação elogiada por comandante em 2019

O policial militar flagrado agredindo um jovem durante uma ação no Subúrbio Ferroviário de Salvador no último domingo (2/1) já foi elogiado em outra situação. Em abril do ano passado, o agente entrou no mar para impedir a fuga de um suspeito de assalto.
Dois homens foram presos na operação, em abril de 2019. Na época, o comandante da 19ª Companhia Independente elogiou a postura do policial.  “Foi uma ação digna de cinema pois eles tentaram fugir pelo mar e mesmo assim conseguimos capturá-los”, afirmou o então major, Elsimar de Oliveira Leão. 
Naquele dia, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou que tudo teve início quando populares informaram aos policiais da Ronda Maria da Penha, que passavam pela BA 528 (Estrada do Derba), principal ligação entre a BR-324 e a Base Naval de Aratu, sobre dois homens praticando assaltos. Eles foram perseguidos e chegaram a entrar no mar, sendo inpedidos pelo soldado. 
RELEMBRE
No vídeo que tem repercutido nas redes sociais nesta semana, o policial aparece batendo e chutando um jovem negro. A vítima não parece está armado nem reage a abordagem.
Em um momento do vídeo, o agente passa a mão pelo cabelo do jovem, estilo "black power", e pergunta: "Isso é cabelo de trabalhador?". Depois, o policial dá murros na costela do homem e um tapa em sua cabeça. Por fim, ele pega um celular do chão e ainda dá um chute no jovem.
A Polícia Militar informou que está o vídeo está na corregedoria e que "rechaça todo e qualquer tipo conduta violenta". "Os fatos serão apurados", ressalta o órgão. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.