APH

APH

Jovem deficiente é encontrado morto em matagal com sinais de crueldade

Lucas sofria com problemas mentais e tinha saído de casa para ir a uma igreja na terça-feira (7)




Na última quinta-feira (9), um jovem de 20 anos, identificado como Lucas Matheus Machado da Silva, foi encontrado morto com sinais de crueldade no corpo. De acordo com informações da Polícia Civil ao G1 Distrito Federal, Lucas sofria com problemas mentais e tinha saído de casa para ir a uma igreja na terça-feira (7). O caso aconteceu na cidade de Paranoá, no Distrito Federal. 

Ainda segundo informações do G1 DF, a mãe de Lucas já tinha registrado queixa pelo desaparecimento do filho na 6ª Delegacia de Polícia do Paranoá.
O corpo foi encontrado em um matagal a 100 metros de uma parada de ônibus, na região conhecida como “Subida da Água de Coco”, em Paranoá. Na ocorrência da polícia, consta que o cadáver foi localizado pelo Corpo de Bombeiros, com sinais de morte violenta e ferimentos aparentemente causados por faca.

“Ele desapareceu no dia 7, por volta das 19h30, quando ia para uma igreja. A família diz que o jovem tinha problemas mentais e apresentou um laudo médico e a receita dos remédios que o rapaz usava. O local foi periciado e ainda não há suspeitas da autoria”, explicou a delegada-chefe da 6ª Delegacia de Policia, Jane Klebia Reis, ao Metrópoles.
Tecnologia do Blogger.