APH

APH

Justiça concede liminar e governo tem 72 horas para regularizar os pagamentos de professores da Uneb


As ações das demais universidades ainda não foram julgadas.
Na tarde desta segunda-feira (06), o Tribunal de Justiça da Bahia concedeu liminar impetrada pela Seção Sindical dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia (Aduneb), contra o corte dos salários dos professores, em greve desde o dia 9 de abril.
De acordo com o mandado julgado pelo desembargador Edmilson Jatahy Fonseca Júnior, o governo do Estado terá 72 horas para efetuar os pagamentos do salários da categoria, do mês de abril de 2019 e eventuais meses subsequentes.
A decisão também determina que o estado se abstenha de descontar os dias parados e que mantenha ou restabeleça o atendimento dos professores da Uneb e seus dependentes conveniados ao Planserv. (Confira aqui)

As ações das demais universidades ainda não foram julgadas

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.