APH

APH

Souto Soares: acusado de matar, queimar e enterrar corpo de desafeto é preso



A equipe da Delegacia Territorial (DT), do município de Souto Soares, distante 477 quilômetros de Salvador, elucidou e prendeu um dos acusados da morte de Jorge Paulo Azevedo Amorim, de 39 anos, menos de 24 horas após o crime, ocorrido na zona rural da cidade.

O delegado Thomas Galdino, titular da DT/Souto Soares e responsável pela investigação, informou que Uilton Souza Oliveira, o Xura, preso em flagrante horas após o homicídio, confessou ter assassinado Jorge Paulo com a ajuda de Anderson dos Santos Ramos, o Dan Paulista, 31, que está sendo procurado.



A vítima desapareceu da cidade vizinha de Iraquara, de onde saiu numa motocicleta, na segunda-feira (6), dizendo que iria até o Povoado de Pocinhos, zona rural de Souto Soares, resolver um problema. Familiares acionaram a Polícia Civil, na terça-feira (7), quando Jorge Paulo não retornou para casa.

As investigações revelaram que o homicídio está relacionado ao tráfico de drogas. Xura e Dan executaram Jorge a tiros, queimaram seu corpo e depois o enterraram. A moto da vítima foi recuperada pela polícia e após ser periciada, será devolvida aos familiares.

Xura foi conduzido à DT/Souto Soares, onde acabou autuado em flagrante por homicídio pelo delegado Thomas Galdino, e ficará custodiado na carceragem da unidade policial, aguardando transferência para o sistema prisional.
Tecnologia do Blogger.