"INUSITADO" Jovem cria grupo no WhatsApp para cobrar devedores e ideia viraliza; confira


Uma estudante de Belo Horizonte, identificada apenas como Laura, resolveu cobrar de quem devia a ela de uma forma inusitada. A jovem criou um grupo no Whatsapp, intitulado "pessoas que me devem", e informou, que as pessoas que pagassem as dívidas estariam liberadas a deixar o grupo.
Um amigo de Laura ajudou a garota encenando que era um dos devedores e que a encontraria para quitar o que devia. Com isso, outros membros teriam decidido encontrar a garota para "regularizar" a situação.
VEJA

Porém, um internauta chamou a atenção para a necessidade de se ter cuidado com esses tipo de cobrança, já que a outra parte pode se sentir constrangida decidindo, inclusive, processa o autor da ideia.
Anuncie aqui
VEJA
Indico CAUTELA. Dependendo da pessoa que está em um grupo assim a medida pode ser uma grande dor de cabeça. Se considerada como forma de cobrança vexatória (e me parece perfeitamente de assim ser interpretada) a medida pode fazer nascer o direito de indenização por Danos Morais!
See R.J's other Tweets
Indico CAUTELA. Dependendo da pessoa que está em um grupo assim a medida pode ser uma grande dor de cabeça. Se considerada como forma de cobrança vexatória (e me parece perfeitamente de assim ser interpretada) a medida pode fazer nascer o direito de indenização por Danos Morais!
See R.J's other Tweets
Indico CAUTELA. Dependendo da pessoa que está em um grupo assim a medida pode ser uma grande dor de cabeça. Se considerada como forma de cobrança vexatória (e me parece perfeitamente de assim ser interpretada) a medida pode fazer nascer o direito de indenização por Danos Morais!
See R.J's other Tweets
Indico CAUTELA. Dependendo da pessoa que está em um grupo assim a medida pode ser uma grande dor de cabeça. Se considerada como forma de cobrança vexatória (e me parece perfeitamente de assim ser interpretada) a medida pode fazer nascer o direito de indenização por Danos Morais!
See R.J's other Tweets

Fábrica de Sonhos

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.