APH

APH

Exausta dos cabelos arrepiados? Saiba o que causa o frizz


Erros nos cuidados diários com os fios são os maiores vilões



Não sabe o que fazer com os cabelos arrepiados e com frizz? A razão para esses problemas é explicada cientificamente. Em entrevista ao portal Minha Vida, a dermatologista Tatiana Gabbi, do departamento de cabelos e unhas da Sociedade Brasileira de Dermatologia, explicou  que a grande causadora do frizz é a carga elétrica presente nos fios de cabelo. "Eles se repelem mutuamente, o que deixa alguns mais elevados que outros", pontuou Tatiana.

A especialista explicou que a melhor forma de combater o frizz é evitar as coisas que causam o atrito. Confira seis erros que você precisa abandonar hoje mesmo.


1- Escovar o cabelo seco

Na presença de água, o pente desliza mais facilmente sobre os fios sem gerar atrito. "A água neutraliza essas cargas elétricas e deixa os fios nos lugares certos", pontuou Tatiana.

2- Lavar o cabelo com água quente

A alta temperatura da água diminui a oleosidade natural dos cabelos, ressecando os fios. Em entrevista ao Minha Vida, o dermatologista Luciano Barsanti, diretor do Instituto do Cabelo de São Paulo, aconselhou que o ideal é lavar a cabeça com água fria. "A água fria vai fechar a cutícula do cabelo, o que garantirá aos fios uma textura mais uniforme".

3- Usar secador da maneira errada

Antes de usar o secador, o primeiro passo é retirar o excesso de água dos fios com uma toalha e depois não pode esquecer de manter uma distância de pelo menos 30 centímetros entre o secador e os fios.

 "Se o secador ressecar demais o cabelo, retirando água e desidratando o fio, haverá mais frizz pois a água que neutraliza as cargas não estará mais presente", contou a  Tatiana Gabbi ao Minha Vida.

 A forma como você direciona o secador também influencia no resultado, o bico precisa ser posicionado na diagonal e o jato de ar tem de seguir de cima para baixo (ou da raiz para as pontas).

 4- Torcer o cabelo com a toalha

Prefira toalhas de tecidos naturais, como o algodão (100%), pois gera menos atrito com os fios do cabelo e, consequentemente, menos frizz. Para secar as madeixas, jamais esfregue a cabeça com a toalha nem a enrole na cabeça.

O correto é apenas pressionar levemente os fios com a toalha, o que já é suficiente para absorver o excesso de água.

 5- Excesso de tratamento químico

Um tratamento químico danifica muito os cabelos, abusar da frequência ou associar dois ou mais deles causa um prejuízo ainda maior. Com relação ao frizz, a dermatologista explicou que o cabelo com química fica mais poroso e quanto maior a superfície de contato com pente/toalha maior é o atrito e, consequentemente, mais frizz.

  6- Vício em chapinha

 A especialista contou que a chapinha seca e desidrata os fios do cabelo. Sem água, o fio fica elétrico e arrepiado mais facilmente. O conselho da dermatologista é não esquecer de usar finalizadores para proteger o cabelo do excesso de calor.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.