APH

APH

'LIBERDADE' Lula deixa prisão após 1 ano e 7 meses

Petista estava preso desde o dia sete de abril de 2018



Depois do Supremo Tribunal Federal (STF) suspender a validação da condenação em segunda instância em votação realizada na última quinta-feira (7), o ex-presidente Luíz Inácio Lula da Silva teve a sua soltura concretizada na final da tarde desta sexta-feira (8). O petista estava preso desde o dia sete de abril de 2018, na Superintendência da Polícia Federal (PF), em Curitiba.

Votaram a favor da prisão logo após condenação em segunda instância os ministros Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux e Cármen Lúcia. O relator do tema, Marco Aurélio, Rosa Weber, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Celso de Mello e Toffoli votaram contra.

Uma vigília foi erguida em frente ao prédio da PF, no início da tarde desta sexta-feira (8), para receber o ex-presidente. Lula deve participar de um ato em São Bernardo do Campo, em São Paulo, no sábado (9).

O Partido dos Trabalhadores (PT) da Bahia programou uma comemoração pela soltura do ex-presidente, nesta sexta (8), no Largo de Santana, no bairro do Rio Vermelho, com a presença de artistas e um NanoTrio

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.