Governador Rui Costa passa por cirurgia mamária em São Paulo

Governador Rui Costa passa por cirurgia mamária em São Paulo
O governador da Bahia, Rui Costa, de 57 anos, passou por cirurgia na manhã deste domingo (5/1), no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Segundo informações da Secretaria de Comunicação (Secom), o procedimento foi para retirar um nódulo mamário e ginecomastia, identificados durante investigação no último mês de dezembro.
O cirurgião plástico do Hospital Sírio Libanês, Marcelo Sampaio, informou que Rui "passa bem e está em plena recuperação". O governador está acompanhado da primeira-dama, Aline Peixoto, e da filha mais velha, Aline Cotrim, além do secretário Estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, seu médico há 25 anos. 
De acordo com Vilas-Boas, embora não houvesse qualquer indicação de malignidade, os médicos optaram pela retirada bilateral das duas glândulas mamárias, procedimento que ocorreu com normalidade. 
DIAGNÓSTICO PRECOCE
Ainda conforme a Secom, Rui procurou atendimento médico após sentir dores no peito esquerdo. Foi realizado um "checkup" clínico e cardiovascular completo, que resultou normal para todas as principais funções do organismo. Já os exames identificaram um aumento benigno, porém doloroso da glândula mamária esquerda do governador, chamado de ginecomastia.
De acordo com o cirurgião Marcelo Sampaio, embora raro, homens também podem ter câncer de mama. “Para cada 100 mulheres diagnosticadas com câncer de mama, há 1 homem com o mesmo diagnóstico. Normalmente, ele aparece em homens acima dos 60 anos, e pode ser mais frequente em homens cujas famílias apresentam muitos casos de câncer de mama (mesmo que em mulheres)”. A mãe do governador Rui Costa teve câncer de mama em idade muito precoce, conforme já revelou o gestor em diversas entrevistas e discursos. 
Conforme explica o médico Marcelo Sampaio, ao primeiro sinal de uma caroço na mama, ou inchaço próximo do mamilo, ou secreção, é bom agendar uma consulta. “O aumento da mama no homem, ou mesmo o caroço, pode ser só uma ginecomastia – o caso do governador – que significa um aumento benigno da glândula mamária do homem, mas em outras situações pode haver risco para câncer de mama”.
A identificação precoce de doenças aumenta as chances de um tratamento eficaz. Para tanto, devem ser realizados exames de rotina, bem como a busca imediata do diagnóstico médico após a identificação de qualquer desconforto ou alteração no organismo, sobretudo a partir dos 50 anos. 
GINECOMASTIA
A ginecomastia é o aumento das glândulas mamárias e não tem relação direta com o câncer de mama. É comum na puberdade e também na terceira idade, devido à diminuição do nível de testosterona.
EM TEMPO | "Diagnóstico precoce aumenta chance de cura do câncer de mama":

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.